domingo, 1 de junho de 2008

Barbarella em quadrinhos - Jean-Claude Forest



Jean-Claude Forest nasceu em 1930, em Perreux, Franca. Um pintor, ele expunha na Galeria Schimdt em Paris, em 1965. Barbarella era entendida originalmente como brincadeira, feita para apreciacao particular de Forest e seus amigos, mas acabou um sucesso imediato junto ao público francês e depois em muitos outros países europeus e nos Estados Unidos. Forest atualmente está ocupado em fabricar novas punições - e recompensas - para sua bela heroína.

"Duas formas de arte, os quadrinhos e o nu feminino - uma com apenas meio século de idade, a outra só uma hora mais jovem que a humanidade - se juntam num Bang! em Barbarella luxuriosamente imaginada e liquidamente desenhada pelo francês Jean-Claude Forest... Em sua mistura de ficção científica e espirituosa mitologia, alucinação luminosa e perverso melodrama, Forest alcancou uma mutação da imaginação; criou em Barbarella a apoteose do erotismo." - Playboy.

Barbarella, com seus cabelos longos e nome sonoro, seu rosto de bebê e desdem por se vestir desnecessariamente, se descobre no planeta Lythion, onde fez um pouso forçado depois de viajar sozinha pelo espaco em seu foguete. Ela é uma criatura do futuro, que é confrontada com os monstros e robôs do estranho planeta, no qual é posta à prova vez após outra. Ela pune o mal em todas as formas em que o encontra e recompensa, do seu jeito particular, todos os belos homens que encontra durante suas aventuras. E, seja enfrentando sádicos, ou disparando sua arma de raios em monstros gelatinosos, ela nao parece evitar perder, parte de ou todo, seu apertado traje espacial.

Barbarella em quadrinhos [ Download ]