quarta-feira, 28 de outubro de 2009

A cidade do Rio de Janeiro através da ficção científica de Humberto de Campos



[... Pudemos perceber na análise da crônica de Humberto de Campos um desejo de discutir a realidade vigente na capital da República. As descrições sobre o desenvolvimento da cidade estavam atreladas a uma crítica dos processos em busca da “civilização”. As imagens de velocidade e agilidade no comércio e nas relações pessoais com o outro, com a informação e com a própria cidade figuram como extremamente necessárias ao desenvolvimento da cidade. É deste modo que o Rio de Janeiro, na crônica de Campos, configura toda sua organização estrutural, utilizando este princípio como base.

Essas hipóteses estão, ainda assim, vinculadas à realidade vigente com a qual o escritor mantêm seus entendimentos sobre o futuro e o destino final da sociedade. A figura de Pamórfio,portadora de uma visão negativa do desenvolvimento da sociedade serve, como ponto de apoio para a análise do cronista acerca deste ambiente. Assim o autor se posiciona à distância ao mesmo tempo em que comunga do imaginário de um destino apocalíptico para a humanidade.]


A cidade do Rio de Janeiro através da ficção científica de Humberto de Campos [ Download ]
Prof. Dr. Sílvio Roberto dos Santos Oliveira1 (UNEB)
Mestrando Marcos Antonio Maia Vilela2 (UNEB) 
XI Congresso Internacional da ABRALIC - Tessituras, Interações, Convergências - 13 a 17 de julho de 2008 - USP – São Paulo, Brasil