domingo, 28 de dezembro de 2008

Harry Bates

Harry Bates ou Hiram Gilmore Bates III (9 de Outubro, 1900 - Setembro de 1981) nascido na Pensilvânia, Estados Unidos, começou a trabalhar como editor de revistas populares (pulp magazines) em 1920 e é lembrado pela sua contribuição como editor no campo da Ficção Científica. Foi um dos fundadores da 'Astounding Stories of Super-Science', que logo viraria 'Astounding Stories', responsável por mudar os rumos do gênero na América do Norte.

Apesar de sua preocupação com a ação e a construção das histórias, que garantia a qualidade da revista, isso não foi o bastante. Apenas foram publicados 34 exemplares de 'Astouding' e 7 de 'Strange Tales', dedicada a histórias de terror fantástico. A falência veio em 1933.

Durante seu trabalho, Bates escreveu diversos contos, a maioria em colaboração com seu assistente Desmond Hall, muitos deles foram publicados na 'Astouding' com o pseudônimo H.B.Winter ou Anthony Gilmore.

Não há registros de ter publicado algo após 1952. Bates passou os últimos anos de sua vida, no anonimato e doente, acabando por morrer esquecido.

Bates só não foi totalmente esquecido devido ao seu conto 'Farewell to the master', publicado em Outubro de 1940 na 'Astounding Stories', que sequer recebeu capa ou ilustração na época, já que não se tratava da principal história daquela edição (Slan, de A.E.Van Voght), mas que serviu de premissa básica para o filme 'O dia em que a Terra parou' (The day the Earth stood still) lançado em 1951 pelo Diretor Robert Wise, e que viria a se tornar um marco na história do cinema.

No livro, 'Gort' aparece mas seu nome é 'Gnut', e a famosa frase 'Klaatu Barada Niktu' também está ausente, assim como não há nenhuma insinuação romântica com Klaatu.

La dimension Fatal - Harry Bates [ Download ]
Farewell to the master - Harry Bates [ Download ]