sábado, 11 de julho de 2009

As Imagens da Inteligência Artificial nas narrativas literária e cinematográfica


Esse trabalho propõe-se a comparar as imagens da inteligência artificial, nas obras 'A chave
do tamanho', de Monteiro Lobato, e no filme 'AI: Inteligência artificial', de Steven
Spielberg.

Seu principal objetivo é examinar as estratégias de produção e recepção das imagens, comparando-as em ambos os sistemas semióticos e verificando como a tecnologia intervém nas experiências estéticas do texto, afetando as formas de percepção e de representação literária e cinematográfica. Além das Teorias de rede que, ao abrirem um espaço para a recriação do ambiente intersemiótico do hipertexto, oferecem a possibilidade de se fazer uma leitura das obras numa perspectiva pluridimensional e sinestésica, pretende-se tomar também, como referência metodológica, as teorias da Estética da recepção, que permitem tecer uma relação estético-dialética entre o autor, a obra e o leitor.

A partir desses prismas, serão analisados os contextos de produção e recepção das imagens
das obras e seus respectivos procedimentos narrativos.


SUMÁRIO
INTRODUÇÃO
CAPÍTULO 1
CONEXÃO ENTRE OS SABERES: UM DESAFIO PARA O SÉCULO XXI
CAPÍTULO 2
FICÇÃO CIENTÍFICA - RESGATANDO OS LAÇOS ENTRE CIÊNCIA E ARTE
CAPÍTULO 3
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL - O CORPO SOB EFEITO DA TECNOLOGIA
O corpo sob o efeito de suas interfaces com a tecnologia
CAPÍTULO 4
IMAGENS EM CONFRONTO: MUNDO NATURAL VERSUS MUNDO ARTIFICIAL
As imagens da inteligência artificial nas narrativas literária e cinematográfica
CONCLUSÃO
BIBLIOGRAFIA



As Imagens da Inteligência Artificial nas narrativas literária e cinematográfica [ Download ]
Angelina Maria Ferreira de Castro - Faculdade de Letras da UFMG 2007