domingo, 11 de julho de 2010

Paolo Bacigalupi



Paolo Bacigalupi (1 de Abril de 1973) nasceu em Colorado Springs, Colorado (EUA),viveu no oeste americano com seus pais, por um breve tempo em uma comunidade, e frequentou o Oberlin College, em Ohio, onde conheceu sua esposa e formou-se em Estudos do Leste Asiático.

Após graduar-se em 1994, trabalhou na China, como consultor para empresas estrangeiras interessadas em entrarem no mercado chinês, retornou para aos EUA dois anos depois, passando a trabalhar para uma empresa de desenvolvimento WEB, em Boston. Bacigalupi trabalha no High Country News, um jornal ambientalista bi-semanal.

Vencedor de diversos prêmios de Ficção Científica e Fantasia, como Nebula, Compton Crook e Theodore Sturgeon, Paolo costuma aparecer em diversos jornais da costa oeste americana.

Seu romance de estreia "The Windup Girl" (2009), arrebatou o prêmio Nebula e o Locus de 2010, e foi indicado pela revista Time Magazine como um dos melhores livros (Top 10 Books) de 2009.

Segundo a revista, "um sucessor de William Gibson, mas sem os computadores."

Apesar de não citar influências, ele não nega ter aprendido as lições de mestres do passado - a intensidade de William Gibson, as histórias de Heinlein, os futuros ambientalmente comprometidos de John Brunner, e de Ursula K. Le Guin, a noção de que "você pode realmente dizer alguma coisa com FC, e ser boa FC."

Como qualquer escritor de ficção científica, ele não tem a pretensão de prever o futuro. Mas, diz ele, seus mundos brotam organicamente, como cogumelos a partir de estrume, a partir das tendências atuais.

The Windup Girl (que levou 3 anos para ser escrita) é a história de Emiko, uma mulher criada em uma creche de engenharia de crescimento, para atender aos caprichos sexuais de um empresário japonês e posteriormente abandonada, passa a vagar pelas ruas de Bangkok. Situado em um mundo sem petróleo, onde a economia global é definida por calorias, Emiko encontra Anderson Lago, que está à procura de alimentos extintos, para a sua empresa AgriGen.

Comida e energia, são temas comuns em seu trabalho.
Dono de um estilo pessimista, distópico, perturbador e intenso, sua obra não apresenta as emocionantes fronteiras do espaço, e nenhuma saída mágica para uma energia não poluente.

Bacigalupi diz que escrever de outra forma seria desonesto.  

"Toda vez que você lê uma notícia e olha os dados, eles não levam a nada de bom", diz ele. "Nada do que se diz, nos convence de que vai ser melhor, que haverá mais energia, que as espécies ameaçadas... Eu não vou escrever para consolar o leitor, e dizer que está tudo bem... Nós não estamos fazendo nada que seja minimamente sustentável." 


Site de Paolo Bacigalupi

Paolo  Bacigalupi ( The Windup Girl, Pocket Full of Dharma, Pump Six, Pump Six and Other stories, The Calorie Man, The Fluted Girl, The People of Sand and Slag, The Tamarisk Hunter, Yellow Card Man, Ship Breaker ) [ Download ]