domingo, 3 de janeiro de 2010

Bruce Sterling




"...O povo da Ficção Científica precisa parar de se preocupar tanto com o passado ou o futuro remotos, e prestar mais atenção nos dias de hoje, na loucura desse nosso tempo. Escritores sérios precisam deixar um pouco estes mundos distantes, e partir para as ruas e pensar em um futuro em que as pessoas possam acreditar. Precisamos falar para uma nova audiência, não somente para o fã de FC, mas para as pessoas lá fora, para a população global, gente que está assistindo pela televisão, o antigo mundo se desintegrar, e que não sabem o que fazer com isso, o que pensar disso, ou mesmo como agir.

Precisamos ir além de simplesmente usar o exótico como modelo de nossas fantasias, precisamos encontrar um interesse comum para as questões globais. Primeiro que tudo, precisamos tratar de traduzir nosso trabalho para outros idiomas, precisamos ir além daquilo que de nós é esperado, além dos parâmetros de publicação e marketing nacionais.

Precisamos disso para entrar em contato. Os muros, as barreiras, estão caindo por todo mundo.
Precisamos aproveitar para aprender, aprender com e sobre outras pessoas. 

A Ficção Científica tem a vantagem de possuir um (limitado) apelo internacional.
Se não fizermos um esforço, uma tentativa séria para entender e tentar "modelar" este futuro - um futuro verdadeiro - começando já, então, sendo totalmente honesto, deveríamos abandonar a Ficção Científica como um gênero. Não deveríamos tentar continuar com esta coisa, se formos abandonar o que é de direito e de nascença, seu clamor intelectual legítimo.

Existem outras formas de se escrever ficção que valha a pena ser lida, para quem procura diversão e simples escapismo, mas a Ficção Científica deveria servir para algo mais.

E ela poderia abraçar este desafio. Não seria tão difícil. Apesar de sua origem humilde, a FC já passou por coisa bem pior no passado e sobreviveu. Podemos ser loucos, mas não somos estúpidos.

Vamos deixar o lugar confortável, vamos correr grandes riscos e cometer erros de verdade, profetizar e nos expor ao ridículo, somos escritores de Ficção Científica, este é o nosso maldito trabalho.

Ao menos poderemos dormir sossegados, pela pureza de nossas intenções." 



Trecho de 'Shinkansen', incluso em FC, hackers, política, ciberpunks em 50 textos

Bruce Sterling ( The Agberg Ideology, Artificial Life, Buckymania, Creation Science, Digital dolphins in the dance od biz, Gurp's Labour Lost, Internet, Magic Vision, Midnight on the Rue Jules Verne, My Rihla, Outer cyberspace, Shinkansen, Slipstream, The spearhead of Cognition, A statement of principle, Superglue, Updike's Version, Bicycle repairman, Crystal express, Distraction, Heavy Weather, In Paradise, Islands in the Net, Luciferase, Our Neural Chernobyl, Sneaking for Jesus 2001, The hacker crackdown, The interoperation, The littlesr jackal, The wonderful power of storytelling, Think of the prestige, Mozart in Mirrorshades ) [ Download ]