domingo, 17 de janeiro de 2010

John Varley



John Herbert Varley (9 de Agosto de 1947) nasceu em Austin, Texas (EUA).

Varley quando criança, queria ser um cientista quando crescesse.
Na universidade de Michigan iniciou os estudos de Física, mas logo trocou por Lingua Inglesa e depois largou os estudos para 'conhecer a América', como muitos jovens americanos o fizeram nos anos 60, época do amor livre, Power Flower, Woodstock, etc.

Perambulou pela costa oeste sem emprego, acompanhou músicos, conheceu artistas, trabalhou por trocados e depois de seis anos vivendo desta maneira, decidiu que iria começar a trabalhar como escritor de Ficção Científica.

Segundo ele mesmo, suas primeiras histórias eram todas imitações mal feitas do estilo de Heilein.

Mesmo não sendo um escritor prolífico ou veloz, Varley ganhou respeito e admiração de leitores em sua vida 'pós-hippie', através de seus inúmeros livros de Ficção Científica e de seus contos, muitos deles situados em um futuro em que extraterrestres expulsaram a raça humana (ou o que sobrou dela) para fora da Terra. Os sobreviventes permanecem nas imediações do Sistema solar, graças a modificações biológicas.

Este tema, comum em livros como 'Persistence of Vision' (ganhador de um Hugo e um Nebula) e 'Overdrawn at the Memory bank', serviram também como inspiração para o filme 'Total Recall'.

Varley passou boa parte de sua vida de escritor em Hollywood, porém desta experiência, o único trabalho em longa metragem foi o sofrível filme Millennium (estrelado por Kris Kristofferson e Cheryl Ladd), cujo roteiro Varley escreveu seis vezes, depois de passar pela mão de 4 diretores.

Varley tem seu trabalho quase sempre comparado ao de Robert Heinlein. Além do estilo semelhante, Varley tem Henley como seu ídolo, e escreveu histórias como The Golden Globe, utilizando o modelo de sociedade que logo atribuimos a Heinlein. Porém, um dos muitos aspectos que diferencia a obra de Varley dos demais escritores, são suas abordagens de aspectos sexuais, assim como personagens femininos notórios, coisas que são pouco comuns de se encontrar em FC.
 
John Varley tem seu trabalho traduzido hoje em 16 idiomas incluindo o Esperanto.



John Varley ( In the bowl, Super heroes anthology, Blue champagne, Gaea series, Goodbye Robinson Crusue, Gotta sing gotta dance, In the Hall of Martian Kings, Incursion area, Mammoth, Millennium, Perdido en el Banco de Memoria, Persistence os vision, Picnic on nearside, Press Enter, Pusher, Red Thunder, Steel Beach, The Barbie murders, The Golden Globe, The ophiuchi hotline, The phantom of Kansas, En el salon de Los Reyes Marcianos y otros relatos, Y Manãna seran clones, El Globo de Oro ) [ Download ]