sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Seria “Avatar” de James Cameron, um plágio?




Um paraplégico que se conecta artificialmente com uma forma de vida artificial, criada somente com a missão de explorar um planeta hostil, deleita-se com a liberdade e a força de seu novo corpo, enquanto luta com predadores selvagens e, gradualmente, vai se tornando um nativo, na medida que passa mais tempo conectado.

Sinopse do mega-sucesso de bilheteria 'Avatar' ?

Não. Esta história chama-se 'Call me Joe', e foi escrita por Poul Anderson em 1957.

Não é a primeira vez que Cameron enfrenta acusações de plágio. Com 'O Exterminador do Futuro', o diretor foi obrigado a reconhecer (e dar crádito) que se utilizou das ideias de outro famoso escritor de FC, Harlan Ellison. Teria plagiado dois episódios seus, escritos para a série de televisão 'The Outer Limits'.

E se tanta coincidência entre o filme de Cameron e o livro de Anderson não fosse o bastante, o mesmo Anderson possui em sua obra, um livro chamado... Avatar. Já outros preferem apontar semelhanças entre o filme e uma série de quadrinhos da Marvel, intitulada Timespirits, ou com o filme de animação 'Delgo'.

Mas enquanto James Cameron não assume que deve a Poul Anderson ao menos o reconhecimento, que tal conhecer melhor 'Call me Joe', e tirar suas próprias conclusões?

Call me Joe - Poul Anderson [ Download ]





Starstream #4 - c/ a adaptação para quadrinhos do conto 'Call me Joe' de Poul Anderson [ Download ]





Lido no blog EbooksGratis